Sobre o projeto

Manual do Projeto 

O "Casinha de Livros" é um equipamento cultural, construído com material reciclável, instalado em escolas e/ou  instituições sociais , com um acervo de 500 livros de literatura para crianças e jovens. 


Em 2018, serão montadas  5 "Casinhas de Livros", em 4 estados do Brasil para atender a uma demanda de mais de 5.000 pessoas.

Nossos Valores 

 Sustentável


 Inspiradora

 
 Divertida


 Acessível 

Nosso objetivo

Promover a leitura e ampliar a importância do livro dentro do universo simbólico de comunidades e grupos sociais pouco assistidos ;

Incentivar o hábito da leitura como uma forma de entretenimento, como mais uma opção de lazer; 

Estimular a programação de atividades lúdicas, tendo o livro como centro de referência;

Formar leitores competentes e independentes capazes de entender a importância da leitura para seu desenvolvimento intelectual e cognitivo e sua emancipação econômica e social;

Disponibilizar, para comunidades carentes, livros de algumas das mais importantes e conceituadas editoras brasileiras, possibilitando sua leitura/utilização via empréstimo gratuito;

Demonstrar a viabilidade da utilização  de material reciclado na construção de objetos/equipamentos de uso geral e cotidiano;

Inter-relacionar a educação formal com a educação ambiental, disseminando o conceito de sustentabilidades .

Cenário atual - Vamos mudar essa realidade?

Dados de Leitura no Brasil 

Um total de 128.020 bibliotecas deveriam ser construídas no Brasil entre 2011 e 2020 nas escolas brasileiras para atender a Lei 12.244 de maio de 2010 que estabelece a obrigatoriedade da existência de um acervo de pelo menos um livro por aluno em cada instituição de ensino do país. Para isso, seria necessária a construção de 39 unidades por dia, segundo levantamento feito pelo movimento “Todos pela Educação” , com base no Censo Escolar de 2011.


 É com o objetivo de atenuar essa realidade que o "Casinha de Livros" se propõe a tal ação, tendo em vista o encontro do livro com o leitor num ambiente lúdico, propício à socialização e ao estímulo à leitura, potencializando, assim, o impacto que a leitura pode ter no cotidiano da instituição, com o envolvimento de toda a comunidade escolar: alunos, professores e corpo técnico.